Omega-3 – Que Tal um Peixinho Hoje

Omega-3 – Que Tal um Peixinho Hoje?

Alguns estudos arqueológicos mostram que humanos foram biologicamente designados a se desenvolver com uma dieta cuja taxa de omega-6 e omega-3 fosse aproximadamente 1:1, dificilmente 4:1. Hoje em dia o consumo de omega-6 é extremamente exagerado, gerando um desequilíbrio no perfil lipídico e metabólico, isso se deve a predominância de óleos ricos em omega-6 em nossa alimentação, como óleo de milho, girassol, cártamo, etc e a minoria em fontes de omega-3 como a nossa tradicional tainha e anchova, além de salmão, sardinha e afins.