fbpx

Entre tantas belezas naturais e gente bonita, Rio de janeiro e Florianópolis tem um ponto em comum que vem chamando cada vez mais atenção, os exercícios ao ar livre que geram muita qualidade de vida ao individuo, trilhas em locais preservados, areias que facilitam o esporte, mar com possibilidades múltiplas.

Em uma época em que as pessoas vivem cada dia mais fechadas em suas casas, seus carros, trabalho, cinema, smartphones, passar algumas horas em contato com a natureza chega a ser um evento diferenciado e extremamente necessários.

A maior parte da população tem escassez de vitamina “D”, que na realidade não é vitamina e sim um hormônio, sintetizado à partir do contato dos raios solares, desde que o corpo seja exposto no horário considerado bom (quando o comprimento de um braço é igual à sua sombra projetada pelo astro rei), sem bronzeador ou protetor solar, e sem a interposição de vidros com insulfilme.

Após ser pré fabricado na pele em contato com os raios UVB, se transforma em calcifediol no figado, e colecalciferol nos rins, sendo essa parte que é vendida nas farmácias e que, na realidade corresponde a apenas 5% do que deve ser absorvido com o Sol.

Promover atividades físicas nesse ambiente com ar puro, espaço, ensolarado e principalmente FORA do mundo virtual, favorecendo a vida ao vivo. Com 20 minutos de exposição, 3x na semana, você terá toda vitamina D que precisa para uma semana saudável e livre de doenças auto imunes, dentre outros benefícios. Não acredite na industria farmacêutica, a saúde não precisa de embalagens nem grife.

Considerando que uma hora do seu dia representa apenas 4% do seu tempo diário, não é realmente muito tempo dedicado a sua saúde e qualidade de vida. Exercícios ao ar livre, principalmente na areia da praia, tem componentes muito benéficos:

Realizar as atividades propostas sem calçado,
Sentir e fortalecer a musculatura da sola do pé,
Evitar a tão temida fascite plantar e outros desconfortos decorrentes do uso constante de tênis ou sapatos(frieiras, joanetes, etc).

A instabilidade de base que a areia proporciona, desde que bem prescrita, fortalece a musculatura do joelho em estabilidade e aumenta a mobilidade do tornozelo, trazendo benefícios mútuos para essas articulações.

A Ilha da Magia e a capital Fluminense possuem uma das populações mais ativas fisicamente do nosso pais; profissionais capacitados, litoral vasto e motivador, águas limpas(nem tanto, estamos devendo todos em relação à preservação, mas enfim) e gente de bem com a vida.

Como fomentar ainda mais esse tipo de atividade, explorando não só a paisagem, mas tendo a natureza como aliada na busca pela qualidade de vida?

Fica a resposta em aberto, para um próximo artigo. Espero que tenham gostado desse, até a próxima e vá para a beira mar!!

Do autor: Marcelo Dourado Profissional de educação física, faixa preta de Judo e 3ro grau de BJJ.


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *