O alho (Allium sativum L. nome botânico) é um alimento muito popular, faz parte da culinária de vários países. Também é conhecido popularmente como alho comum, alho-da-horta, alho-hortense, alho-manso.

Sua parte utilizada são os bulbos. Pode ser utilizado fresco, em forma de chá, tintura, pó, extrato “envelhecido”, óleo e extrato seco.

Seus principais princípios ativos são aliina, ácidos fosfóricos e sulfúricos, proteínas, sais minerais (enxofre, cálcio, iodo, silício, sódio, ferro), saponinas, vitaminas (A, B1, B2 e C) e óleo volátil.

A substância química responsável pelo odor do olho é a alicina, que é produzida por meio da aliina através da ação da enzima alinase.

Os inúmeros estudos apontam as possíveis atividades biológicas como:

  • hipotensora,
  • hipoglicemiante,
  • antibiótica,
  • antifúngica,
  • antiviral,
  • vasodilatadora,
  • antioxidante,
  • anti-inflamatória,
  • antimicrobiana,
  • imunomoduladora,
  • antitrombótica,
  • antiagregante plaquetária
  • redutora de colesterol.

Pesquisadores acreditam que seu uso ajuda na prevenção de doenças cardiovasculares. Muita gente diz que alho aquecido não presta e que cru é difícil de comer.

Bom, alguns estudos foram feitos sobre o aquecimento do alho e mostraram que o aquecimento destruiu a formação de alguns compostos importantes, mas isso não significa que no alho deixou de prestar.

Quando acrescentado no final das preparações cru, se aproveita melhor suas propriedades benéficas.

Em altas doses pode provocar irritação gástrica, odor na pele e no hálito, náuseas. Em alguns casos, as doses elevadas potencializam os efeitos antitrombóticos de alguns medicamentos.

De acordo com a ANVISA, o extrato seco não deve ser utilizado por crianças menores de 3 anos, em pessoas com hipotensão, hipoglicemia, que usam anticoagulante e com hemorragia.

Também não é indicado durante a amamentação pois altera o sabor do leite e provoca gases no bebê. Consulte seu nutricionista antes de fazer uso.

Referencia: @dra.alinedavid


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *